terça-feira, 31 de maio de 2011

VI BTT "Caminhos do Tremoço" Cadima

22 de Maio de 2011



Num belo Domingo, fomos na direcção de Cadima para participar nos Caminhos do Tremoço. O dia prometia calor e a prova prometia areia.
Nesta prova, estavam inscritos o Paulo Neves, o Vítor, o João, o Paulo e o António.
A distância anunciada para a Maratona era de 70km e a distância para a Meia era de 50km.


Assim que chegámos, não tivemos tempo para muito mais que retirar as bikes da carrinha e fazer um pequeno aquecimento antes de ir para o Controlo “0”. Os atletas da Maratona estavam junto à linha e mais atrás estavam os atletas da Meia.


Depois de uma breve explicação por parte organização sobre alguns pontos mais “perigosos” do percurso, foi dada a partida.
Com muitos single-tracks (principalmente no início) , com o salto espectacular perto do 10 km (salvo erro) e muitas passagens por água, a prova era bastante interessante.
Uma queda de um colega de BTT...
Aqui está o António:




e aqui o Paulo Neves a meio da prova


e também o João



No fim a classificação foi bastante boa para a equipa, pois por pouco o Paulo Neves não chegou ao pódio:

Meia-Maratona:
4º - Paulo Neves
28º - João Rodrigues
69º - António

Maratona:
40º - Vítor
41º - Paulo


O nosso agradecimento a toda a gente da organização porque havia muita gente nos cruzamentos (os poucos que não tinham ninguém estavam sinalizados, de forma a termos atenção) e mesmo o almoço correu bem apesar da falta de batatas. Não houve problema nenhum com a espera, pois havia o copo de cerveja para matar a sede e o pão com chouriço para ir enganando a fome.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

10ª Maratona Portalegre BTT Sport Zone 2011

7 de Maio de 2011


Para esta grande prova do BTT Nacional, que nos iria obrigar a conquistar o cume da Serra de S. Mamede a mais de 1000m de altitude, estavam inscritos o Ernesto, o Raul, o Paulo Neves, o João, o Vítor e o Paulo. O António também participou na Meia-Maratona.

A aventura começa bem antes da prova...na viagem para Portalegre. O Ernesto partiu mais cedo e o António fez a viagem no próprio dia.
A partida foi feita no fim da tarde de 6f, 6 de Maio, em grande animação. O meio de transporte claro que foi a carrinha do nosso amigo Raul…completamente carregada até ao tejadilho, com sacos, tendas e claro está: as bikes...o motivo da viagem.
Tudo correu sem sobressaltos, sempre em boa disposição, como não podia deixar de ser entre amigos. E lá chegámos ao destino onde estava o Ernesto à espera já com o restaurante escolhido. Sem perder tempo, fomos saborear os pratos típicos da região...que bem que soube a carne de porco preto!
A seguir ao jantar começou o trabalho de construir o acampamento.



Em pouco tempo já estávamos a descansar para o dia seguinte e para a prova que se avizinhava difícil (aproximadamente 110 km na Maratona e perto de 60 km para a Meia-Maratona).
Assim que nasceu o dia, lá fomos tratar de colocar as bikes em ordem e claro está, fomos tratar do pequeno almoço para depois nos equiparmos...nestas fotos falta o nosso amigo Ernesto.




Na partida estávamos todos juntos excepto o Ernesto que ficou um pouco mais afastado do pórtico de partida. Só nesta altura se percebe a dimensão deste evento...não se vê estrada, só um mar de BTTistas e bicicletas! Afinal de contas, eram mais de 3000 desportistas prontos a pedalar.


Depois de andarmos uns bons 15 km (ou perto) em alcatrão (tinha de ser mesmo assim para dispersar toda a gente), houve a divisão entre as duas distâncias e começou a verdadeira prova...
Como prova do espírito de equipa, estávamos todos perto uns dos outros...umas vezes iam uns à frente, noutro ponto já iam outros a “puxar” a malta...sempre na maior boa disposição e convívio como é hábito neste pessoal.

Um pouco antes do reforço, o Raul teve uma queda que o obrigou a ficar naquela zona de assistência. Ainda antes de chegarmos ao reforço também o Ernesto teve uma queda, felizmente sem consequências graves, só arranhões.



O BTT apesar de tudo o que tem de bom também tem um risco. Mas, vendo bem, tudo na vida é um risco...basta sair de casa, não é?

Um pouco preocupados com o Raul, lá seguimos caminho na direcção das antenas. Nesta altura já o esforço era gerido para poupar energias na subida às antenas.
Houve tempo para tirar fotografias à lindíssima paisagem alentejana...não pensem que o Alentejo é completamente plano e árido...nada disso...tem elevações (como íamos comprovar) e uma Natureza onde o verde é rei...já para não falar nos ribeiros e pontos de água (que tivemos de atravessar).






Na difícil subida às antenas, o pessoal da Maratona encontrou-se com a malta da Meia, e lá fomos andando...ou melhor...pedalando...devagar...devagarinho...sem pressa...
No cimo estava o tão esperado reforço e mais um ponto de controlo.



E que vista!!!Valeu por todo o suor da subida!



Depois começava a descida que pedia aos ciclistas técnica e às bikes resistência para aguentar as pancadas ao passar nas pedras...

Chegando ao fim, lá tínhamos a sandes e o sumo para recuperar algumas energias.



A classificação da equipa ficou assim definida:
353 ° - Paulo Neves.
448 ° - João.
461 ° - Ernesto.
494 ° - Paulo.
495 ° - Vítor.

Ficam aqui os votos de melhoras para os nossos amigos Ernesto e Raul! Que tudo corra pelo melhor!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

1ª Etapa do campeonato Up&Down


1 de maio de 2011

Eis que os AnadiaBikers iniciam o campeonato Up&Down, organizado pela Fundação Inatel. Este é um campeonato BTT extremamente competitivo apesar de não ser profissional.
Para a prova de Vouzela, estavam inscritos o Vicente, o Vitor e o Paulo para a Maratona e na Meia-Maratona iam competir o Paulo Neves e o João.
Embora o tempo estivesse de chuva, a vontade de pedalar foi mais forte e estavam presentes muitos colegas BTTistas.
Adivinhava-se uma prova bastante dura, com single-tracks bastante técnicos e muita pedra para partir (de preferência nem com o corpo nem com a bike).
Ora cá está a partida da Maratona, com o Vicente na frente:

A partida da Maratona:

Já na partida da Meia-Maratona estava o Paulo Neves perto da linha:


A partida, sempre a um ritmo bastante elevado:


Aqui está o João, quase a escapar à câmara:

O percurso era excepcional e com subidas acentuadas, já para não falar da paisagem que era fenomenal.



Aqui estão umas fotos dos nossos atletas da Meia:



O Paulo Neves a pressionar um outro colega BTTista:



Uma das muitas passagens pelas aldeias características da zona.


E algumas fotos do pessoal da Maratona.
Este troço em particular, era bastante técnico e perigoso pois a chuva tornou as pedras muito escorregadias, embora não dê para ver pelas fotos.


Faltam as fotos do Vicente, mas para variar ele já ia mais à frente...

Single-tracks muito técnicos:
Aqui a dificuldade também aumentava devido às pedras escorregadias.




A tal ponte feita propositadamente para a prova. O pessoal de Vouzela são engenheiros civis natos, porque a ponte estava óptima!
Nas fotos da "publicidade" à ponte estava lá a grade de minis (a arrefecer no rio) mas na prova já não havia nada...publicidade enganosa é o que é...


Já quase no fim da prova:



No fim a classificação ficou assim:
Maratona:
Vicente - 16º geral (3º Veteranos B)
Vitor-48º geral (28º Veteranos A)
Paulo-49º geral (29º Veteranos A)

Meia-Maratona:
Paulo Neves - 15º geral (5º Elites)
João - 115º geral (29 º Elites)
Em resumo, a prova foi o que se esperava: técnica, com bastante pedra e muita, muita subida!

quarta-feira, 18 de maio de 2011