sábado, 31 de dezembro de 2011

ola rapaz espere que voçes tem passado um bom natal e agora quer para voçes todos um bom passagem de ano novo

nesta semana de ferias eu fui fazer o percuso todo da ciclovia do dao sao 100 km no final acaba no centro de viseu perto da rotunda tem um snack bar para comer e nao e caro

no ultima km a casa de banho como este
no meio do aparece um cowboy velho


um tunel, nao parece mais e comprido.amigos faz esse percuso vale a pena

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

25 Dezembro - Treino Natalício



Estava um calor típico daquela região, onde vai tanta gente passar férias de Verão...como se chama...hmmm...Sibéria!
Mas depois de beber um café para aquecer, lá partimos no treino de Natal!


Já quase a chegar à Mamarosa, o espírito era animado embora estivesse bastante frio.




Pouco depois, cortámos na direcção da EN109. O ritmo era bastante bom, mas ainda assim estávamos a rolar sem preocupações e esta era a paisagem que estávamos a aproveitar!




Quase na estrada nacional, estávamos a aproveitar os raios de sol para nos aquecer, e não éramos os únicos a fazer passear:



Pouco depois tínhamos de ultrapassar um “obstáculo móvel”:




De início, pensou-se que o cavalo ia à procura do dono...ou podia o dono estar à procura do cavalo mas só lá estava o sítio onde estava a estaca. O dono deve ter pensado: “Raios! Então mas eu deixei aqui o cavalo! Até o prendi a uma estaca de ferro e tudo!”.
Mas depressa percebemos porque é que o cavalo tinha fugido...nos prados estavam umas éguas...



Depois de entrar na EN109, seguimos na direcção de Mira.
O restante percurso até casa ocorreu sem problemas. Ainda chegámos ao café do Zé a tempo do reforço líquido!
Depois deste treino natalício já estamos prontos para o treino de Ano Novo!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

11 de Dezembro – Vamos à praia ver o mar


Estava um dia óptimo para viajar até às praias.
À hora combinada lá estávamos no café do Zé.
Mantendo um ritmo inicial mais calmo, para termos tempo de aquecer os motores, começámos o nosso treino. Embora muita gente não tivesse tido possibilidade para fazer o treino domingueiro, o pequeno pelotão foi pedalando na direcção de Mira.




O José Luís e o António fizeram-nos companhia
O ritmo foi aumentando pouco a pouco e o método de mudança do camisola amarela começou a ser utilizado:
Pouco antes de chegar a Mira, havia uma concentração de “pasteleiras”. Devia ter sido alguma concentração que combinaram no facebook ou no twitter...

Ainda ponderámos seguir logo na direcção da Praia da Vagueira mas o Vicente tinha dito que queria respirar um pouco do ar perto do mar.

Na rua junto da barrinha de Mira, encontrámos uma família que estava a dar o seu passeio matinal...não estavam de bike mas andar à "pata" também faz muito bem à saúde.
Estávamos a chegar à Palhaça,

quando estava a decorrer o X GP Atletismo da Adrep:
depois de observar um pouco da prova, retomámos o nosso caminho. Tivemos de seguir a pé, pelo passeio, durante uma pouco do percurso da prova de atletismo.
Em breve estávamos em Vila Verde. Daí até Avelãs foi só preciso pedalar um pouco. Conseguimos chegar ao café do Zé a tempo do reforço líquido. Que óptima forma de repor as energias perdidas durante o treino!

sábado, 17 de dezembro de 2011

ola rapaz eu foi em santa comba dao andar na ciclovia  so fiz 15km.tirei estas fotos para voces verem.nao foi facil de encontrar o inicio.na partida tem 500m de terra depois e so andar na pista.em cada conselho a pista muda de cor ,primeiro e azul vem a seguir verde e depois no final vermelho












sábado, 10 de dezembro de 2011

8 de Dezembro – Treino de Domingo

Hoje foi um dia para rolar...Foi um grupo grande que partiu para fazer o percurso Vagos- Mira.
Ainda a aquecer:
Foi relativamente devagar que chegámos a Anadia e depois cortámos para Ancas. Aqui tivemos um pequeno percalço. O José Luís furou. Rapidamente a equipa de mecânicos resolveu o problema:
Mas graças a esta paragem pudemos apreciar a beleza natural da nossa zona!
Já em andamento era tempo de recarregar energias:
A caminho de Mira, íamos seguindo a um ritmo bastante alto, sempre com alguém no topo do pelotão a “esticar a corda”.
Em Mira seguimos na direcção de Cantanhede até chegar à rotunda para Vilarinho. Era uma boa altura para recuperar um pouco o fôlego.
O fotógrafo estava a inventar...
mas lá conseguiu acertar e tirou a fotografia.
Este período de descanso rapidamente acabou pois o ritmo não desceu dos 30 e poucos km/h até chegar à rotunda. O ritmo era tão alto que antes de darmos conta já estávamos em Vilarinho.
O Paulo Pereira e o Vicente estavam a descansar um pouco, aproveitando o cone de ar da motorizada com o reboque cheio de fardos de palha...o problema é que passado pouco tempo pequenos pedaços de palha começaram a andar pelo ar.
Isto fez com que o pessoal fizesse pisca para a esquerda, e ultrapassasse a motorizada.
O Paulo Pereira abrandou ao lado do motociclista e perguntou:”Quer ajuda?”
Tentem imaginar a cara do Sr. da motorizada ao ver pessoal de bicicleta a
ultrapassá-lo e a perguntar se quer ajuda para subir!
Já em Anadia, despedimo-nos do Ernesto. Em Avelãs de Caminho, o Hélder, o Paulo Neves e o Vítor Santos seguiram para casa. O restante pessoal seguiu até ao posto de reforço líquido.
Cá estão alguns dados do treino, disponibilizados pelo José Luís:
-distancia: 92,84 km.
-tempo: 3h05m.
-veloc. media: 30,0 km/h.
-veloc. máxima: 53,5 km/h.
-ritmo médio: 2:00 min/km.
-melhor ritmo: 1:07 min/km.
-ganho de elevação: 489 m.
(estes dados têm como ponto de partida e de chegada da Candieira).
Se quiserem ver mais em pormenor cliquem aqui! Para verem em km/h, no canto superior direito, cliquem em "View as metric". Isto vai converter todos os dados.
Mais um óptimo treino, que apesar de não ter muitas subidas, foi feito a um ritmo muito bom.