sábado, 27 de julho de 2013

21 de Julho - 2ª etapa: Avelãs de Caminho - Viseu.

Hora: 6h da manhã.
Local: Avelãs de Caminho, junto ao marco do Camiño.
 Desta vez e para variar, o fotógrafo chegou primeiro! Onde estão os foguetes para festejar? É um acontecimento raro, tão raro como um eclipse total do Sol.

As fotos oficiais antes da partida:
 Estávamos a pedalar tão rápido que a máquina fotográfica mal conseguia acompanhar...
 Em Águeda:
 "Atenção, pessoal! Uma passagem de nível!"
 Junto à ponte romana, perto de Lamas de Vouga:
 Já no ponto em que iríamos sair do Camiño Central para seguirmos até Viseu:
 Foi por esta altura que começámos a pedalar em trilhos de terra batida...jánão era sem tempo, porque o alcatrão faz mal à saúde!
 Como já estava a ficar na altura do pequeno-almoço, fomos ver se o pequeno café em Sernada estava aberto...
 ...mas tivemos pouca sorte. "Bom...está fechado...vamos indo...não podemos fazer nada aqui."
 Depois de alguns quilómetros por mato, chegámos à ecopista.
 Onde existem paisagens espectaculares...vale a pena lá passar...
 
 Em Paradela decidimos parar para comer qualquer coisa...depois de um cafezito...
...comprar algo para comer.
 Já com as energias repostas, voltámos ao trabalho:
mas o tempo estava a ficar cinzento...
 "Liguem as luzes! Liguem os médios!"
 Esta parte do percurso continua a ser bastante boa:
 E lá fomos seguindo pelos vários apeadeiros da antiga linha:
Em Oliveira de Frades, paramos para beber qualquer coisa, por a sede ia a apertar. E quem é que ia adivinhar que íamos encontrar gente da nossa terrinha?
 O parque de estacionamento das biclas...
...e da malta...
Já com menos sede, encontrámos a estação de S. Vicente!
Como o patrão não pagava para estarmos parados...vamos lá, que se faz tarde...
"Bolas...olha se alguém cai ali..."
Lembram-se desta localidade?
7
"Já sei, já sei..."
Deviam estar à nossa espera! Havia banda dos Bombeiros e tudo...mas como não podíamos demorar, pedimos imensa desculpa e voltámos a pedalar...espero que não tenham ficado chateados connosco...
A chegada às Termas de S. Pedro do Sul teve os seus desafios...
Um pouco depois...
O percurso não tinha muita inclinação mas a inclinação que existia era sempre constante.
 Ao passar a ponte:
 
 "Vamos mas é pegar na carruagem e seguir pela linha!"
 
Mas como a carruagem estava soldada aos carris, ainda tentámos ver se as rodas eram compatíveis...
mas tivemos de desistir da ideia e voltar ao btt.
Ainda na zona de S. Pedro do Sul, o João encontrou um pequeno pássaro em apuros:
Depois de o acalmar, mandou o pássaro seguir viagem:
Paragem no reforço de água:
Moçamedes...também lá passámos:
Por esta hora do dia, a fome já estava a apertar e as barras de cereais já não ajudam nada. Era altura de procurar um local para comer.
E encontrámos um sítio muito bom, muito bom mesmo!
Depois das entradas que mais pareciam uma refeição por si só, chegou o almoço!
Está certo...não é o almoço de desportistas mas como não vamos para ganhar...vamos é aproveitar!
O Vicente conhecia alguns empregados das aventura do Up&Down e logo aí criou-se um clima de amizade e boa disposição. Afinal de contas estávamos com pessoal que partilha o gosto pelas bikes!
Pessoal...se passarem pela zona de Bodiosa/Oliveira de Baixo, não deixem de parar no Café Restaurante Palmeira!
A foto oficial!
 Já a chegar a Viseu:
Pode não parecer mas este percurso era bastante perigoso...ainda para mais, com os sapatos de encaixe...a parte metálica podia escorregar e o resultado era...água!!!
 Fomos até à Sé:
Para oficializar o ponto de partida para a última etapa do Camiño:
Depois da chegada oficial, depois das entrevistas e das fotografias com os fãs, conseguimos fugir e passear um pouco pela cidade:
 "Bom, vamos regressar....vamos seguir pelo Camiño até à nova ecopista que vai até Stª Comba Dão!"
 Esta parte do Camiño era muito complicada...provavelmente teve mais acumulado aqui do que no resto da viagem...
As nossas conhecidas vieiras e setas amarelas...
Finalmente na ecopista...a partir daqui seria a rolar...e a deitar lume dos pneus!
"Ficou de noite tão depressa! Rápido...liguem as luzes!"
Paisagem bonita de se ver...
O Vicente estava bem disposto:
Pelo caminho encontrámos jovens de bicicleta que fizeram uma parte do percurso connosco. Continuem a treinar, malta! Continuem assim que estão no bom caminho! Força!
Mais uma passagem por uma antiga estação:
O José Luís tinha que estar em casa a horas certas e por isso teve de arrancar mais depressa:
 "Ora bolas! Um furo...o ritmo estava bastante bom..."
 
Nesta altura, já estávamos perto de Stª Comba Dão. Daí tínhamos transporte combinado para nos trazer ao fim oficialíssimo de mais uma etapa...o café do Zé!
Até à próxima, bons treinos e boas pedaladas!