domingo, 26 de junho de 2016

19 de Junho - Treino pela Pateira.

O passado domingo não foi excepção e mais uma vez, os Anadiabikers partiram do café S. Pedro para mais um treino.
Hoje seria o objectivo era descontrair e assim sendo, iríamos tentar acompanhar por estrada, os vários pontos de ligação da prova Rota da Mamoa 2016.
Depois de alguns quilómetros percorridos encontrámos um ponto de reforço junto à Pateira de Fermentelos. Mas como chegámos antes dos participantes, decidimos tirar uma fotografia para gerações futuras e arrancar para um novo ponto.
Perto da rotunda da Ersuc, fio possível apreciar a ausência de trânsito:
Um dos pontos de passagem:
Como o relógio não perdoa nem espera por ninguém, já era altura de cada um seguir para o seu almoço, mas não sem antes tirar a foto de grupo, onde hoje voltava a estar o nosso amigo José:
Un recuerdo do treino de hoje!
Para a semana há mais!
Até lá, bons treinos e boas pedaladas!

domingo, 19 de junho de 2016

12 de Junho- Treino calmo até à praia.

No passado domingo, onde é que os Anadiabikers estavam? Adivinharam! No café S. Pedro!
Depois da nossa aventura até ao Porto, via Camiño de Santiago, hoje o treino seria calmo, para recuperar:
O Vítor aproveitou o bom tempo e estreou a nova máquina, com alguns upgrades em relação à bike antiga: quadro de ferro e mudanças no quadro!

Em direcção à praia:
Na Poutena, encontrámos o nosso amigo Pedro que tinha começado o treino mais tarde. Regressou connosco até ao café e estava a pensar trocara bike dele com a nova do Vítor:

Até à próxima, bons treinos e boas pedaladas!

10 de Junho: Camino de Santiago 2016 - Avelãs de Caminho - Porto.

Por volta das 6h30m da manhã do passado dia 10 de Junho, os Anadiabikers estavam prontos a começar mais uma etapa do Camiño de Santiago.
Desta feita, iríamos até ao Porto. Pelo menos era o plano inicial...mantenham-se connosco para descobrir se seguimos o plano à risca!
Depois de uns pastéis de nata, patrocinados pelo nosso amigo Raul, seguimos o conselho de Lao-Tsé:
"Uma longa viagem começa com um único passo."
Embora no nosso caso seria, "Uma longa viagem começa com uma única pedalada."...
Depois de ultrapassar umas "pequenas" subidas, mais uma pequena dificuldade, aliás, característica do percurso de Santiago:
Ao chegar a Mourisca do Vouga, decidimos fazer um pequeno desvio para comer algo e beber um café, para dar energias para a viagem:
 
Na ponte romana, perto de Lamas do Vouga:
A caminho de Albergaria, via Camiño de Santiago:
 "Olha! Mais uma passagem de nível!"
 
" Que trilho impecável!"
"-Será que S. Tiago tinha destes problemas antigamente?"
"-Claro que não! Antigamente não havia bicicletas de montanha!"
Mais uma vez fora do rebuliço do trânsito:
"Bem me parecia que íamos ter de subir novamente!"
 Outra passagem por uma igreja...tal como S. Tiago fez no seu tempo:
 E mais um trilho bestial!
 
 
 
"Estamos no caminho certo!"
Em Perosinho, terra natal de Venceslau Fernandes:
Após mais alguns quilómetros por entre prédios, trânsito e estradas movimentadas, chegámos ao que nos pareceu ser a melhor parte desta etapa:
 
"Buen Camino!"
 E nós também fomos seguindo pelo Camiño:
Uma pequena dificuldade, rapidamente ultrapassada: 
Após o single track, estando todas as tropas reunidas...
...mais umas quantas pedaladas e chegámos perto de V.N. Gaia:
Que sensação estranha descer a Av. da República de bike!
A ponte D. Luís I é um miradouro fantástico para a magnífica cidade do Porto e um óptimo local para selfies!
Enquanto algumas pessoas passeiam na ponte, outras passeiam no rio Douro:
 
Objectivo do dia atingido, Sé do Porto!
Depois de todos reunidos, trocámos ideias sobre o plano que estava delineado...
Foto de grupo!
E como todos os planos, o nosso plano foi alterado, para melhor!
Estando pouco cansados, decidimos seguir pela ciclovia das praias até Espinho.
Para chegar à zona da Foz, fomos pelo Camino, por entre as casas típicas da zona...
...e seguimos pela Ponte D. Luis I:
Sempre junto ao rio, aproveitámos o tempo e apreciámos a paisagem:
"Espinho, cá vamos nós!"
 
Por esta altura, a fome já se começava a fazer sentir e as barras energéticas não eram suficientes. Decidimos parar para comer algo e descansar um pouco.
Após o almoço rapidamente nos fizemos ao caminho, para não arrefecer o motor:
Houve tempo para uma competição com umas motas eléctricas:
 
Por entre as dunas:
"Modo Btt on!"
Já em Espinho, a aguardar a chegada do comboio...
... que nos iria levar até Aveiro:
 
Com estávamos todos com imensa energia (afinal, tínhamos pouquíssimos quilómetros feitos...), voltámos para casa de bike. Mas antes de ir para casa, parámos no café S. Pedro. Mal reparámos que algures no caminho o João tinha trocado de bike:
Até à próxima, bons treinos, boas pedaladas e Buen Camino!

Nota: Podem ver todas as fotografias desta aventura aqui.